domingo, 3 de abril de 2011

Apequenar-se

Se somos pequenos e a coisa de que fugimos é grande (já tiveram alguma vez este sonho?), o único esconderijo é um sítio onde a coisa grande não cabe. Mas depois temos de lá ficar, nesse sítio tão pequeno, ou até tornarmo-nos mais pequenos para nos escondermos melhor.

Martin Amis, Money, Biblioteca Sábado, p. 143

Algures por Barcelona

15 comentários:

  1. Gostei do nvo visual!!

    Esse sonho, quem o não teve? e de sonho não tem nada: é mais um pesadelo!!

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me de ter esse sonho em criança. Aterrador!
    Parabéns pelo novo visual, Sara! Está magnífico!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  3. Este sítio, 'algures em Barcelona', é grande e maravilhoso. E ainda assim, pode ser fonte de inspiração para reflectirmos acerca da nossa própria pequenez. Mas ser pequeno não é sinónimo de 'apequenar-se'!

    Beijo ENORME e votos de uma excelente semana :)

    PS: Gosto muito da nova foto no cabeçalho! :)

    ResponderEliminar
  4. Eu até diria que, se calhar, é precisamente a percepção de que somos muito pequenos (por exemplo, somos ridiculamente ínfimos perante a força pura daquilo a que gostamos de chamar Natureza - e há várias, não nos iludamos) que nos dá as pistas para sermos grandes - há quem lhes chame Humanos ... nas atitudes, nos relacionamentos, ...

    ... e parece-me também que os pesadelos são a outra face de nós mesmos - se esta 'treta' (vida?) fosse um sonho maravilhoso e cheio de fadinhas esvoaçantes ... se calhar não tinha piada alguma ... digo eu na pequenez do teclado do meu pc, no infinito do etér.

    Se calhar precisamos mesmo de ser mais pequenos.

    Grande mesmo é o já referido 'new look' do blogue: 5 *****

    E, já agora, a foto do banner é de onde? Resquícios da influência romana é de certeza, pois retrata um "jardim de perístilo" (apesar de lhe faltar as paredes de habitação) um dos receptáculos que tornou possível a transmissão da ideia de "Jardim" até aos dias que correm ...

    Um abraço e o meu agradecimento pelos seus simpáticos comentários.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pela nova imagem.
    Algures em Barcelona... pela "Sagrada Família"?!
    Ahhh.... abomino pesadelos!

    ResponderEliminar
  6. Por vezes só estilhaçando

    os espelhos

    ResponderEliminar
  7. Parabens pelo novo look do blog! Esta LINDO! Muito fresco e ao mesmo tempo muito vibrante!
    Bjs!! :-)

    ResponderEliminar
  8. Boa noite, Sara

    Eis um texto curto e a rebentar de sabedoria (Quase não lugar para ele... Rsrsrs)
    Há quem diga que os sonhos serão uma tentaiva para «arrumar» certas perplexidades que nos angustiam.
    Umas vezes resultam; outras, nem por isso.
    As questões que nos transmitem sentimentos de nos fixar, imobilizar, numa perspectiva ardilosa, desespera-nos.
    Há quem reaja bem a grandes problemas; há quem fique imobilizado, derrotado logo à partida.
    Casos como os de David e Golias podem ser uma ajuda... Às vezes, efémera.
    Para terminar,lembro de ter escalado por aquela escadaria exígua das torres já construídas dessa magnífica Sagrada Família, em Barcelona.
    A ilustração é adequadíssima.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Que bom que gostaram da nova decoração da casa! Estava a precisar de umas pinceladas de Primavera.

    R., mfc, JPD: Sagrada Família, com certeza :)

    Fernando: a fotografia do header é de um lugar de que gosto muito: o jardim romano do Parque do Arnado em Ponte de Lima. Gosto particularmente deste jardim, mas todo o parque merece uma visita. Recomendo! :)

    Obrigada mais uma vez pela generosidade e simpatia dos vossos comentários.
    Uma boa semana para todos!

    ResponderEliminar
  10. Os nossos sonhos, por vezes, não acompanham o nosso "tamanho" e essa desproporção pode encerrar-nos em demasia...e durante muito tempo.
    Depois, atrofiamos de tal forma que desaprendemos de sonhar...mesmo aqueles pequeninos tal como nós em tamanho nos tornámos!
    PS: tinha enviado ontem um coment sobre o te novo visual (no post anterior) mas vejo que não gravou... não percebi! Adorei as pérgolas do teu blogue... deixam entrar o sol cá dentro. Bem apanhada a foto (comme d'habitude)
    bjs grandes

    ResponderEliminar
  11. Visite meu blog.Se gostar, me siga. Hiper abraço.Felicidades e muitas alegrias.
    João
    Ps.: Já estou te seguindo.
    Adorei estar aqui.

    ResponderEliminar
  12. Que cores, quanta alegria e beleza numa imagem: isto quanto ao cabeçalho.

    A foto do post é boa, ainda que não deixa ver bem o que a perspectiva permite, mas fascina. Pode ser na Sagrada Família?

    Ocultar-se não é para sentir-se orgulhoso, as situações devem enfrentar-se com altivez, só assim se logram projectos na vida. Sonhei em voar e voei.

    Um grande abraço, de boa amizade.

    ResponderEliminar
  13. Excelente metáfora nestes dias conturbados...
    (gosto muito da nova "decoração" e da frase de Eugénio:)))) )

    ResponderEliminar
  14. Oi Sara,
    Eugenio era o nome de meu pai, logo, que maravilha!! rs
    Quando vim pra Viena precisei me apequenar um tanto para adaptar-me ao velho mundo, mas foi o fôlego necessário para o mergulho profundo em mim mesma, e hoje me agigantar diante do que o novo muitas vezes provoca.
    Apequenar-se, algumas vezes, nos faz desencantar de muitas fantasias, nao diria sonho.
    Gostei da pintura nova!

    ResponderEliminar
  15. Olá Sara,
    Depois de tanto carinho e palavras justas, eu sou pequeno mas deixo-te um segredo (do) grande: F. Pessoa:
    "Para ser grande, sê inteiro: nada
    Teu exagera ou exclui.
    Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
    No mínimo que fazes.
    Assim em cada lago a lua toda
    Brilha, porque alta vive.".

    beijos

    ResponderEliminar