segunda-feira, 2 de maio de 2011

Aprender

Na língua chinesa, dois símbolos representam a palavra “aprender”. O primeiro significa “estudar” e é composto de duas partes: um símbolo que significa “acumular conhecimento” é colocado sobre outro que representa uma criança parada em uma porta, reflectindo, protegida e apoiada. O segundo símbolo significa “praticar constantemente” e mostra um pássaro desenvolvendo a capacidade de sair do ninho, experimentando. O símbolo de cima representa o voo, e o de baixo, a juventude.
(Senge, 2005)

[Encontrei este excerto na parte introdutória de uma tese de doutoramento. Achei extraordinário!]

16 comentários:

  1. Muito adequado para reflectir o laborioso trabalho que enforma uma tese de doutoramento. À simbologia fica a faltar apenas a democracia etária que se aplica aos aprendizes. Ou, se visto pela perspectiva de que a aprendizagem é uma tarefa infinita, e como tal, em contínuo processo de desenvolvimento, então a representação da infância é perfeitamente entendível.
    Beijinho grande, querida amiga.

    ResponderEliminar
  2. Oi Sara
    A escrita chinesa é muitíssmo interessante.
    Pra se ter a idéia do "brilho" usa-se o sol日 e lua月 ficando assim juntinhos 明.
    Imagina que difícil!! rs
    O símbolo Aprender e Praticar é mesmo execpcional, bonito! também gosto.

    boa semana Sara

    ResponderEliminar
  3. Muito interessante, Sara!
    Boa semana!:)

    ResponderEliminar
  4. (Extra)Ordinário, mesmo!
    Apenas o meu parecer quanto ao conceito de "acumular conhecimento"... julgo que acumula-se informação...conhecimento, (re)conhece-se por via da acção, da experiência...como sabes, a diferença é abismal! Pautado por um processo de inacabamento natural... e qd se pensa na criança ainda é mais premente pois, esta espontâneamente transforma o que aprende em conhecimento...passando para a acção!
    Nós, adultos antes de o fazer, ainda processamos e admitimos muitos mecanismos mentais (éticos, auto-preservação, normas, etc) que nos impedem de ser tão naturais e espontâneos quanto a criança, na aprendizagem!
    E eu aqui a pregar o pai nosso ao vigário...quer dizer, se isto é "veramente" assim lololol
    Considera apenas uma partilha do meu ponto de vista...
    Bjs grandes

    ResponderEliminar
  5. Assim deveria ser sempre! E a essa perspectiva de aprender se pode chamar sabedoria!

    ResponderEliminar
  6. É extraordinário!...

    Ao afã de superação chamo constância.

    Tenho um amigo, aqui em Valência, que está a prender chinês e japonês. Para facilitar o estudo criou uma espécie de carta de jogar, levando cada uma o ser respectivo símbolo e detrás a explicação. É como um baralho de cartas, mas as peças com um formato de menor.

    Os jovens deixais-me maravilhado!... O que me satisfaz enormemente.

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  7. Este simbolismo é muito interessante.
    Contém em si a definição da aprendizagem.

    ResponderEliminar
  8. Además de gustar por la estética el simbolismo que guardan es muy curioso e interesante.
    Como es lógico desconocia estos símbolo y su significado, he aprendido algo nuevo!
    Beijinhos desde FARO.

    ResponderEliminar
  9. Um volta-se pra dentro e o outro pra fora, mostrando a responsabilidade de reter e dar,perfeito!

    Olá amiga, vim tbm convida-la a passear no meu hanukká, http://hanukkalado.blogspot.com/

    beijos.

    Chamo de virtude adorar Deus, ajudar e amar todos os nossos semelhantes e buscar o bem fazer sempre que se possa
    Jean Louis Vives

    ResponderEliminar
  10. a olhar a escrita chinesa, com tantos simbolos, parece-me muito complicada e nunca a fixei,hoje tentei perceber, mas fiquei aquem : no segundo debaixo "juventude",!(não deu para decifrar) os outros dá para entender..
    Aprende-se até que apareça na nossa vida o ponto final.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  11. Gostei muito! Fantastico! Outra perola para guardar! Encontras com cada maravilha! Fazes jus ao mote de Eugenio, que tambem partilho ;-) BJs!

    ResponderEliminar
  12. A cultura chinesa é sábia! Tive um diretor chinês, numa empresa que trabalhei, e ele foi um dos melhores que tive! Sua forma de chefiar era através do seu "conhecimento" da vida, e adorava brincar com os nossos "acúmulos de conhecimento". E eu que adoro esse bem viver da prática e nao da teoria, realmente gostava, pena que ele resolveu voltar para a China...

    Eu gosto de pintar. Dia desses uma colega aqui que tem um consultório (psiquiatria) pediu que eu fizesse na porta um sinal chinês e adivinha qual foi o primeiro que me veio? AMOR!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  13. Obrigada a todos pelos comentários. Aproveito também para agradecer a oportunidade que me oferecem para, através dos vossos blogues, exercitar o verbo que deu título ao post. Essa é certamente uma boa motivação para permanecer na blogosfera :)
    Continuação de um óptimo fim de semana!

    ResponderEliminar
  14. Se se mantiver viva essa recomendação muito caminho redundante ou atté coisas mal pensadas seriam evitadas.

    Extraordinário conselho.

    O equivalente mais próximo que conheço é o seguinte postulado:

    DADOS --» INFORMAÇÃO --» CONBECIMENTO --» CULTURA --» SABEDORIA

    Bjs, Sara

    ResponderEliminar